quarta-feira, 29 de outubro de 2014

* Circuito Rios e Ruas





 

                       

 




quinta-feira, 23 de outubro de 2014

FW: * Processo TJSP 0032078-58.2011.8.26.0003 *

Dr. Marcelo,

Boa noite! 

Eu sei do cálculo deles (Adm.UNIDOS) , pois este valor consta em boleto de cobrança das despesas condominiais que recebemos todos os meses. Lembro que, todos os moradores sabem dessa dívida também, inclusive o zelador que, diga-se de passagem,  por qualquer assunto em discussão comigo onde ele está errado, por exemplo - cortar árvores da praça publica que fica na esquina do prédio para plantar bananeiras e outras espécies da vontade do "CHICO"  - Explico: Sr.Francisco me manda pagar as contas do condomínio e parar de encher a paciência - me desrespeita como moradora, desafia nos meus direitos de proprietária. Rí da minha cara e diz que vai manter as espécies porque ele gosta de bananas. Plantou também um pé de abacates ao lado das ditas cujas bananeiras(fotos em anexo). 

O senhor é capaz de imaginar estas humilhações vindas de um funcionário do prédio dirigidas a um morador? Não é um baita absurdo? O Francisco corta árvores nativas da praça publica para plantar espécies que ele bem entende - sem autorização da prefeitura ...Esse é o zelador do Condomínio Edifício Águas Claras - que diz pelos cantos do prédio que eu mereço levar uma surra por dia e se fosse meu marido as daria ... 

E eu ainda tenho que pagar  $800 reais  mensais para morar ao lado desta pessoa que me desafia e me agredi verbalmente. Sem mais comentários  

Portanto, o que eu quero e preciso é que o senhor revise os reais valores de taxas de despesas condominiais e desconsidere os valores de multas e outras cobranças indevidas. Lembro que, só de multas me cobram mais de $5 mil reais... Por isso, solicito recalculo e que sejam revistos todos os valores cobrados . Observo ainda que, existem muitas cobranças indevidas, como por exemplo - multas sem a devida notificação e cobranças de locação de moto, multas por discussão por conta do corte de árvores que eles sempre negaram terem feito, multas por eu estacionar em vagas que não eram destinadas a mim...Pergunta: Quem sabe verdadeiramente dos locais corretos. Quem? E os sorteios das vagas feitos semestralmente que nunca ninguém sabe de nada e as vagas são conhecidas apenas pelo zelador ...E, de novo o Sr.Francisco mandando em tudo.  

Deu para entender parte dos porquês que não concordo com o que dizem ...Falar todos falam mas, quero ver comprovar legalmente tudo o que eu devo de fato. Alertando que, o condomínio tem uma grande dívida com a prefeitura e o senhor sabe disso também... E aí que entra a negociação...

Devo e não nego a dívida, apenas não concordo como o valor apresentado e também com o quanto é cobrado mensalmente - Muita coisa está errada para concordar com o que cobram do valor correspondente à $800 reais/mensais. Por exemplo: Cobram taxa de manutenção de manutenção de jardim mensal...Pergunta: Que jardim? Despesas com pagamento de síndico que nem mora mais no prédio e não responde pelas "m- - - -s" feitas.... Isso pode? Conserto de antena de TV  $500 reais/mensais..Todos os meses temos problemas com o portão, mais $500 reais e também despesas extras sem notas fiscais sem as devidas explicações - cobradas sempre na casa de $500 reais..Me incomoda muito a cobrança de taxas das 4 câmeras de segurança( eu disse 4 - apenas 4) alugadas que não ajudam em nada na segurança ....Não auxiliam nem para a saída do prédio pela lateral - para saida com os cachorrinhos para passeio na rua. É necessário gritar para que abram o portão, pois a área está fora da alcance das câmeras e também do campo visual da guarita/portaria principal. E...
Assim vai um pouco daqui e mais outro tantinho dalí ....um saco sem fundo de sem noção de gastos....O que é isso? Nosso condomínio é ainda o mais alto da região com nada a oferecer, nem um banquinho no jardim que já nem mais existe também. Me refiro ao jardim devastado por completo para a construção de novas vagas de automóvel...Onde também respondo por multa de $10 mil reais, por me negar estacionar sobre área que foi determinada pela prefeitura a devolução do jardim conforme planta original. 

Observo que, não sou a unica inadimplente do condomínio, mas...desconfio muito dos valores em relação aos outros devedores que fazem acordos parcelados que nunca são explicados para os demais condôminos pagantes. Tem uma história de uma divida de mais 100 mil reais que não voltou para o condomínio - referente ao apartamento de n.° 133. Outro assunto que peço levantamento, para tirar duvidas antigas que nunca me responderam...Depois passo o numero do processo referente...Saliento que, o morador não fala com ninguém e nunca compareceu numa reunião de condomínio. 

Para encerrar, quero deixar claro que, quero um acordo sim!!! Mas, não vou pagar por incoerências e irregularidades. Não vou mesmo! Com observância de que, sou capaz de baixar os valores das despesas condominiais em 30% ...Sempre faltou planejamento adequado, ordem e seriedade nesta atual administração ....Lhe convido a fazer vistas nos livros financeiros comigo e vamos discutir esse assunto também...

Fique com DEUS.

Márcia Groeninga


From: marceloferraresi@hotmail.com.br
To: marciagpersonal@hotmail.com
Subject: RE: * Processo TJSP 0032078-58.2011.8.26.0003 *
Date: Wed, 22 Oct 2014 18:52:30 -0200

Boa noite Márcia.

O pedido para realização de audiência e sua intenção de alienação do imóvel com a realização das obras.

O último cálculo do processo é de janeiro de 2014 e aponta dívida de aproximadamente R$ 35.000,00.



Marcelo Castelo Ferraresi                         
Advogado

Av. Ipiranga, 1.071, cj. 507, República
São Paulo - SP - CEP 01039-000
11-3229-8430
11- 99 99 435 71
www.ferraresicastelo.com




From: marciagpersonal@hotmail.com
To: marceloferraresi@hotmail.com.br
Subject: * Processo TJSP 0032078-58.2011.8.26.0003 *
Date: Tue, 21 Oct 2014 21:23:17 -0300

Dr. Marcelo,

Boa noite!

Hoje estive no Foro Jabaquara, olhando e fotografando meu processo - despesas condominiais.
Observei diversos  absurdos e irregularidades processuais - por isso a necessidade de conversarmos pessoalmente. Em relação ao que dizem eu estar devendo, lhe adianto que este pessoal da administração UNIDOS está de brincadeira . A bomba está para detonar.
Vale lembrar que, farei possível acordo de acerto de contas após projeto aprovado- SIMPROC Processo:2012–0.039.939–7
conjuntamente a resolução jurídica do Processo:2014–0.179.857–4 


Assim, no aguarde  destas decisões para sentarmos todos e apertarmos as mãos num acordo de paz - com proposta de compra e venda do meu apartamento no valor real de mercado- sem um centavo a menos, aceitando oferta maior. Para depois sair montada num cavalo branco com meu lindo príncipe encantado e...."viver feliz para sempre" bem longe de todos do Condomínio Águas Claras, respeitáveis moradores da Av. Itaboraí, n.° 391  - Observo que, o nome do condomínio da fachada desapareceu faz mais de 4 anos - muito antes do início das obras que deu-se em maio de 2011, onde até a data de hoje a dita cuja REFORMA ainda não foi concluída mas, cuja cobrança continua com parcelas definidas já para 2015, com expectativas de continuidade. Considere o iniciou destas taxas em 2006 - na proposta inicial da conselheira e moradora/arquiteta inventora desta reforma Claudia Quaresma,  que se apresentou como nova proprietária(2005) do apartamento n.° 114 , no 10.° andar - mas, que não reside aqui no prédio desde o ano de 2009.A citada moradora mudou-se   antes da devastação geral do jardim, para a construção do estacionamento- Essa arquiteta registrou em ata de reunião(2006) ter projetado a planta de Reforma da Guarita - com todos os cuidados de remoção de plantas, etc..etc... na época pelo valor de $240 mil reais  ...Minha pergunta que ainda não foi respondida: Onde está este projeto? Alguns dizem que Sr.ª Claudia Quaresma está morando em Brasília - mas... desta informação só sei dizer o que "dizem"... Queria muito saber o endereço desta ex-vizinha, de verdade! 

Veja que é muito difícil de entender esta contabilidade extra financeira de mais de CEM meses, com esta obra de reforma interminável SEM noção de tempo e espaço ... Fotos em anexo(obras outubro/2014)

Desta forma, solicito efetivar levantamento real das cobranças CONDOMINIAIS, sem taxas extras, locação de vaga de motocicleta  e  multas que me aplicaram, incluindo principalmente as inúmeras por estacionar em local não permitido ou em vaga de outro. Necessário se faz também, saber exatamente e com absoluta certeza do valor total pagos em taxas extras equivalentes até o mês de agosto de 2011 - e o valor de taxas mensais cobrado com obra parada. Deu para entender o que eu espero do senhor?  De quanto mesmo é a minha divida?

Muito obrigada!

Márcia Groeninga


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

* SAC 12492680 e 12492686 - SOS ao Meio Ambiente *




Subprefeitura Vila Mariana

Dr. João Carlos e Sr. Renato 

Reencaminhando e-mail abaixo - onde estou no aguarde das respostas dos orgãos de competência às referentes denuncias feitas.
Observem os prazos das solicitações e as árvores que foram mortas antes do plantio das "ditas cujas" bananeiras que estão crescendo no local. 

Atenciosamente 

Márcia Groeninga

   





From: marciagpersonal@hotmail.com
To: claudiaesilva@prefeitura.sp.gov.br; emacabelli@prefeitura.sp.gov.br
CC: ogm@prefeitura.sp.gov.br; lepdamasceno@prefeitura.sp.gov.br
Subject: * SAC 12492680 e 12492686 - SOS ao Meio Ambiente *
Date: Tue, 16 Sep 2014 18:49:34 -0400

Prefeitura Municipal de São Paulo

Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras


Sr. Eduardo Macabelli
Assessoria Especial


Conforme conversa por telefone com a Sr.ª Claudia Silva, venho através deste relatar supressão de árvore em "praça publica" sem autorização da subprefeitura de abrangência - Vila Mariana - seguido de plantio irregular de "bananeiras" - fotos em anexo - com autoria de pessoa, na figura de zelador de prédio Sr. Francisco Chagas, com plena concordância do Sr. Maurício Della Serra Salgado, síndico responsável da edificação com 52 apartamentos - localizado na  Av.Itaboraí 391 - Condomínio Edifício Águas Claras - CEP 04135-000 - capital, São Paulo , esquina com a mencionada praça Rua Helena Londahn - local da referente denuncia .

Lamentavelmente, não tive a devida atenção de atendimento ao SAC n.° 12492680 e 12492686 - registrados através do 156 - 01/08/14 - Onde relato "fatos" comprovados por "fotos" -  ao referente corte de árvore que secou misteriosamente e pelo plantio irregular de "bananeiras".  No SAC com final 680 - solicito a retirada das espécies  e no final 686 o replantio de novas mudas de árvores - como exemplo IPE nas cores amarelo, roxo ou branco e/ou Pau Brasil, Carobinha, Eritina, Louro Pardo ou qualquer outra apropriada ao local.  

Observo que, em 02/12/13 - SAC 11960904 - por não receber resposta no prazo mencionado para atendimento de 40 dias - em 16/06/14  feita nova solicitação SAC 12422468 - também sem atendimento -
Então, dando sequencia ao processo de denuncia efetivei abertura com reclamação através do n.° 0800-175717 na OUVIDORIA da Prefeitura - através do n.° 0800-175717 -  protocolo 9177/2014 em 26/07/14 - sem resposta oficial , o que me faz entender ainda sem as medidas coerentes e devidas providencias. 
Vale lembrar que, também foi registrado TID - diretamente na praça de atendimento da subprefeitura da Vila Mariana - também em dezembro/13 n.° 11533473 - encerrado em 18/07/14 - com avaliação técnica de biólogo  responsável alegando que as "bananeiras", não apresentavam risco ao Ambiente - onde eu questiono esta referente análise porque 4 mudas morreram "sufocadas" das 6 plantadas em janeiro de 2014 - pela subprefeitura da Vila Mariana - através do Projeto Mais Arvores 21- (consultem site )

assim distribuídas em abril/14

Veja abaixo os locais de referência onde foram plantadas as mudas das novas árvores:

10 Praça Anápolis
11 Praça Cidade de Milão
10 Av. Rubem Berta x Rua Ipê
06 Praça da Rua Helena Londahl
16 Praça Guaracy- recém inaugurada
13 Praça Yolanda Costa da Cruz Poyares
21 Av. Abraão de Morais 
22 Rua Leandro Dupret
109 Total de mudas

 

Acima, descrição total de árvores plantadas através do projeto aprovado pelo subprefeito Luiz Fernando Macarrão - hoje exonerado do cargo.
Dr. Luiz presidente do CADES da subprefeitura Vila Mariana  - onde eu figuro como conselheira eleita , em nenhum momento me apoiou nesta incansável luta. Não é estranho? Lembro que, insisti muito neste assunto, muiiiiiiiiiito mesmo! 

Desde o ano de 2012, quando  "estranhamente" as árvores da mencionada  praça começaram a secar - e, seguidamente em 2013 cortadas pelo zelador sem autorização para o manejo - efetivando o plantio das ditas cujas "bananeiras", onde faço questão absoluta de mencioná-las entre aspas, a titulo de destacar a espécie substituindo árvores. Assim, venho manifestando meu repudio a esta atitude  e por isso,  registrando toda a indignação ao descaso e todos mal tratos destinados ao Verde e ao Meio ambiente  e,  protocolando em vão minhas denuncias ao que atribuo ser uma agressão a natureza , vinculando desrespeito absoluto ao Meio Ambiente -  porque pássaros não constroem ninhos em "entre aspas" certo? 

Conforme é possível comprovar nas fotos em anexo - houve a supressão de árvore que estava saudável e provocado a remoção  - visualize comparação (vide site Google maps) árvore que secou por motivos desconhecidos e cortada na sua raiz. Seguida da ignorante ação em substituição por vegetação inadequada "bananeiras" que "NÃO PODEM" serem consideradas árvores. No agrave de ainda impedir de 4 das 6 mudas plantadas pela subprefeitura crescerem naturalmente por falta de espaço.

A pergunta que sempre fiz e ainda faço é : Por que  a subprefeitura da Vila Mariana não efetivou o corte necessário destas  "bananeiras" na mesma data que foi feito o plantio das 6 mudas do projeto Mais Árvores em janeiro de 2014 ?  

Desta forma, no aguarde de atenção, providencias sérias e as devidas explicações que eu como munícipe ambientalista mereço. 

Sem mais, reitero meus votos de elevada estima e admiração.


Márcia Groeninga - cel. 11- 9 93890724    
   

* SAC 12492680 e 12492686 - SOS ao Meio Ambiente *

Suybprefeitura Vila Marina

Dr. João Carlos e Sr. Renato 

Reencaminhando e-mail abaixo - onde estou no aguarde das respostas dos orgãos de competência às referentes denuncias feitas.
Observem os prazos das solicitações e as árvores que foram mortas antes do plantio das "ditas cujas" bananeiras que estão crescendo no local. 

Atenciosamente 

Márcia Groeninga

   





From: marciagpersonal@hotmail.com
To: claudiaesilva@prefeitura.sp.gov.br; emacabelli@prefeitura.sp.gov.br
CC: ogm@prefeitura.sp.gov.br; lepdamasceno@prefeitura.sp.gov.br
Subject: * SAC 12492680 e 12492686 - SOS ao Meio Ambiente *
Date: Tue, 16 Sep 2014 18:49:34 -0400

Prefeitura Municipal de São Paulo

Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras


Sr. Eduardo Macabelli
Assessoria Especial


Conforme conversa por telefone com a Sr.ª Claudia Silva, venho através deste relatar supressão de árvore em "praça publica" sem autorização da subprefeitura de abrangência - Vila Mariana - seguido de plantio irregular de "bananeiras" - fotos em anexo - com autoria de pessoa, na figura de zelador de prédio Sr. Francisco Chagas, com plena concordância do Sr. Maurício Della Serra Salgado, síndico responsável da edificação com 52 apartamentos - localizado na  Av.Itaboraí 391 - Condomínio Edifício Águas Claras - CEP 04135-000 - capital, São Paulo , esquina com a mencionada praça Rua Helena Londahn - local da referente denuncia .

Lamentavelmente, não tive a devida atenção de atendimento ao SAC n.° 12492680 e 12492686 - registrados através do 156 - 01/08/14 - Onde relato "fatos" comprovados por "fotos" -  ao referente corte de árvore que secou misteriosamente e pelo plantio irregular de "bananeiras".  No SAC com final 680 - solicito a retirada das espécies  e no final 686 o replantio de novas mudas de árvores - como exemplo IPE nas cores amarelo, roxo ou branco e/ou Pau Brasil, Carobinha, Eritina, Louro Pardo ou qualquer outra apropriada ao local.  

Observo que, em 02/12/13 - SAC 11960904 - por não receber resposta no prazo mencionado para atendimento de 40 dias - em 16/06/14  feita nova solicitação SAC 12422468 - também sem atendimento -
Então, dando sequencia ao processo de denuncia efetivei abertura com reclamação através do n.° 0800-175717 na OUVIDORIA da Prefeitura - através do n.° 0800-175717 -  protocolo 9177/2014 em 26/07/14 - sem resposta oficial , o que me faz entender ainda sem as medidas coerentes e devidas providencias. 
Vale lembrar que, também foi registrado TID - diretamente na praça de atendimento da subprefeitura da Vila Mariana - também em dezembro/13 n.° 11533473 - encerrado em 18/07/14 - com avaliação técnica de biólogo  responsável alegando que as "bananeiras", não apresentavam risco ao Ambiente - onde eu questiono esta referente análise porque 4 mudas morreram "sufocadas" das 6 plantadas em janeiro de 2014 - pela subprefeitura da Vila Mariana - através do Projeto Mais Arvores 21- (consultem site )

assim distribuídas em abril/14

Veja abaixo os locais de referência onde foram plantadas as mudas das novas árvores:

10 Praça Anápolis
11 Praça Cidade de Milão
10 Av. Rubem Berta x Rua Ipê
06 Praça da Rua Helena Londahl
16 Praça Guaracy- recém inaugurada
13 Praça Yolanda Costa da Cruz Poyares
21 Av. Abraão de Morais 
22 Rua Leandro Dupret
109 Total de mudas

 

Acima, descrição total de árvores plantadas através do projeto aprovado pelo subprefeito Luiz Fernando Macarrão - hoje exonerado do cargo.
Dr. Luiz presidente do CADES da subprefeitura Vila Mariana  - onde eu figuro como conselheira eleita , em nenhum momento me apoiou nesta incansável luta. Não é estranho? Lembro que, insisti muito neste assunto, muiiiiiiiiiito mesmo! 

Desde o ano de 2012, quando  "estranhamente" as árvores da mencionada  praça começaram a secar - e, seguidamente em 2013 cortadas pelo zelador sem autorização para o manejo - efetivando o plantio das ditas cujas "bananeiras", onde faço questão absoluta de mencioná-las entre aspas, a titulo de destacar a espécie substituindo árvores. Assim, venho manifestando meu repudio a esta atitude  e por isso,  registrando toda a indignação ao descaso e todos mal tratos destinados ao Verde e ao Meio ambiente  e,  protocolando em vão minhas denuncias ao que atribuo ser uma agressão a natureza , vinculando desrespeito absoluto ao Meio Ambiente -  porque pássaros não constroem ninhos em "entre aspas" certo? 

Conforme é possível comprovar nas fotos em anexo - houve a supressão de árvore que estava saudável e provocado a remoção  - visualize comparação (vide site Google maps) árvore que secou por motivos desconhecidos e cortada na sua raiz. Seguida da ignorante ação em substituição por vegetação inadequada "bananeiras" que "NÃO PODEM" serem consideradas árvores. No agrave de ainda impedir de 4 das 6 mudas plantadas pela subprefeitura crescerem naturalmente por falta de espaço.

A pergunta que sempre fiz e ainda faço é : Por que  a subprefeitura da Vila Mariana não efetivou o corte necessário destas  "bananeiras" na mesma data que foi feito o plantio das 6 mudas do projeto Mais Árvores em janeiro de 2014 ?  

Desta forma, no aguarde de atenção, providencias sérias e as devidas explicações que eu como munícipe ambientalista mereço. 

Sem mais, reitero meus votos de elevada estima e admiração.


Márcia Groeninga - cel. 11- 9 93890724    
   

terça-feira, 21 de outubro de 2014

* Processo TJSP 0032078-58.2011.8.26.0003 *

Dr. Marcelo,

Boa noite!

Hoje estive no Foro Jabaquara, olhando e fotografando meu processo - despesas condominiais.
Observei diversos  absurdos e irregularidades processuais - por isso a necessidade de conversarmos pessoalmente. Em relação ao que dizem eu estar devendo, lhe adianto que este pessoal da administração UNIDOS está de brincadeira . A bomba está para detonar.
Vale lembrar que, farei possível acordo de acerto de contas após projeto aprovado- SIMPROC Processo:2012–0.039.939–7
conjuntamente a resolução jurídica do Processo:2014–0.179.857–4 


Assim, no aguarde  destas decisões para sentarmos todos e apertarmos as mãos num acordo de paz - com proposta de compra e venda do meu apartamento no valor real de mercado- sem um centavo a menos, aceitando oferta maior. Para depois sair montada num cavalo branco com meu lindo príncipe encantado e...."viver feliz para sempre" bem longe de todos do Condomínio Águas Claras, respeitáveis moradores da Av. Itaboraí, n.° 391  - Observo que, o nome do condomínio da fachada desapareceu faz mais de 4 anos - muito antes do início das obras que deu-se em maio de 2011, onde até a data de hoje a dita cuja REFORMA ainda não foi concluída mas, cuja cobrança continua com parcelas definidas já para 2015, com expectativas de continuidade. Considere o iniciou destas taxas em 2006 - na proposta inicial da conselheira e moradora/arquiteta inventora desta reforma Claudia Quaresma,  que se apresentou como nova proprietária(2005) do apartamento n.° 114 , no 10.° andar - mas, que não reside aqui no prédio desde o ano de 2009.A citada moradora mudou-se   antes da devastação geral do jardim, para a construção do estacionamento- Essa arquiteta registrou em ata de reunião(2006) ter projetado a planta de Reforma da Guarita - com todos os cuidados de remoção de plantas, etc..etc... na época pelo valor de $240 mil reais  ...Minha pergunta que ainda não foi respondida: Onde está este projeto? Alguns dizem que Sr.ª Claudia Quaresma está morando em Brasília - mas... desta informação só sei dizer o que "dizem"... Queria muito saber o endereço desta ex-vizinha, de verdade! 

Veja que é muito difícil de entender esta contabilidade extra financeira de mais de CEM meses, com esta obra de reforma interminável SEM noção de tempo e espaço ... Fotos em anexo(obras outubro/2014)

Desta forma, solicito efetivar levantamento real das cobranças CONDOMINIAIS, sem taxas extras, locação de vaga de motocicleta  e  multas que me aplicaram, incluindo principalmente as inúmeras por estacionar em local não permitido ou em vaga de outro. Necessário se faz também, saber exatamente e com absoluta certeza do valor total pagos em taxas extras equivalentes até o mês de agosto de 2011 - e o valor de taxas mensais cobrado com obra parada. Deu para entender o que eu espero do senhor?  De quanto mesmo é a minha divida?

Muito obrigada!

Márcia Groeninga


** DENUNCIAS DE DENUNCIAS NÃO ATENDIDAS NA PREFEITURA **

Onde está o projeto aprovado e respectivo alvará de conclusão? Processo: SIMPROC: 2014- 0.179.857- 4 

DON'T STOP THE FIGHT - THE FINAL VICTORY WILL BE OF THE RIGHTEOUS

Márcia Groeninga

From: personal_boaforma@hotmail.com
To:
Subject: RE: ENC: ** DENUNCIAS DE DENUNCIAS NÃO ATENDIDAS NA PREFEITURA **
Date: Wed, 8 Jan 2014 01:45:17 -0200

Para Defensoria Publica - com fotos do simbolo da Justiça CEGA


From: personal_boaforma@hotmail.com
Subject: FW: ENC: ** DENUNCIAS DE DENUNCIAS NÃO ATENDIDAS NA PREFEITURA **
Date: Wed, 31 Aug 2011 10:37:31 -0300


 

From: marciagpersonal@hotmail.com
Subject: FW: ENC: ** DENUNCIAS DE DENUNCIAS NÃO ATENDIDAS NA PREFEITURA **
Date: Wed, 31 Aug 2011 09:17:15 -0400

Amigo(a)
 
Aparentemente, agora começo a pensar que, a justiça foi ao OFTALMOLOGISTA e ajustou lentes corretivas. "Parece" que as coisas começam a clarear nas visões legais...  
 
A mim, está sendo muitíssimo difícil, porém a persistência por desejar ver Leis Municipais serem cumpridas em benefício da "credibilidade e confiança" dos que estão nos cargos de poder e responsabilidade do próprio Estado. Também para o bem estar geral dos cidadãos que pagam seus impostos e suas contas em dia. Eu, na qualidade de pessoa, mulher, e cidadã paulistana penso merecer a atenção das autoridades...
Lamentável que tudo  pareça funcionar "só" de vez em quando... O Paulistano, paulista e brasileiro para poder viver na tranquilidade que lhe é direito natural precisa "ADOECER" por tanto estresse em revindicar por seus direitos... É quase "inacreditável"...Parece ser normal para o 'sistema governal' funcionar sob estas condições enlouquecedoras... No Brasil é assim mesmo!!! Tudo é tão 'descaradamente' ignorado que, os poucos que tentam mostrar as irregularidades, desistem no meio do caminho por não obterem atenção e por admitirem que não vale a pena brigar por justiça.
 
JUSTIÇA!!! Seja ela micro, mini, grande, hiper, mega, super plus-plus maior que todas... ..JUSTIÇA É JUSTIÇA e NÃO TEM DISTINÇÃO DE GRANDEZA OU QUALQUER DIMENSÃO QUE FAÇA UM VALER MAIS DO QUE OUTRO...
 
Por isto eu continuo chamando por atenção e, espero ser "vista" de acordo com o tamanho que "DEUS  no céu", me mostrar que é de meu direito solicitar por justiça "na terra"... Importante lembrar que, em Deus eu confio...pois DEUS É FIEL!!! Quanto aos outros??? Só me resta aguardar... Pacientemente!!! 
 
 
Por quê precisa ser tão cansativo conseguir respostas simples em situações normais?
 
Por quê o justo sofre para mostrar que as injustiças destroem?
 
Eu aprendí que, na teoria a imagem da JUSTIÇA (vide imagens em anexo) se apresenta vendada para simbolizar que ela deve ser cega diante de todos os poderes, sejam estes : econômicos, sociais e culturais e desmedida em questão aos interesses pessoais e intenções relacionadas...É isto mesmo?
Minhas experiencias mostram que, a  "justiça" tapa os olhos para disfarçar e fazer de conta que não "está vendo nada" sobre as atitudes e medidas do poder corrupto e desleal ao cargo que lhe é de competência...     
 
Continuo aguardando pelas respostas conforme mostrei com "fotos" para serem vistos os "fatos"...  
 
 
 
A quem me segue!!! A luta continua...
 
Obrigada!!!
 
*Márcia*
 

From: marlymoreno@PREFEITURA.SP.GOV.BR
To: aamorais@PREFEITURA.SP.GOV.BR; salessi@PREFEITURA.SP.GOV.BR
CC: marciagpersonal@hotmail.com
Subject: ENC: ** DENUNCIAS DE DENUNCIAS NÃO ATENDIDAS NA PREFEITURA **
Date: Mon, 22 Aug 2011 10:46:22 -0300

 

Senhores Coordenadores

 

Solicito conhecer.

 

À CPDU solicito informar se foi realizada vistoria na obra citada, se tem alvará de reforma ou não é necessária para o caso em tela, caso não tenha sido realizada a vistoria, providenciar.

 

À CPO solicito verificar se existe termo de Cooperação para a Praça citada pela munícipe na confluência da Rua Itaboraí 391 e Rua Helena.

Solicito ainda verificar se houve remoção de árvores no local citado, em caso positivo se foi devidamente autorizada e providenciada neste caso a compensação.

 

Solicito posterior retorno para que seja providenciada resposta à munícipe, a quem copio nesta mensagem.

 

 

Marly Moreno

Chefe de Gabinete

Subprefeitura V. Mariana

3397.4302

http://subprefeitura.sp.gov.br

 


De: Márcia Groeninga [mailto:marciagpersonal@hotmail.com]
Enviada em: sexta-feira, 19 de agosto de 2011 12:03
Para: marlymoreno@prefeitura.sp.gov.br
Cc: acitrangulu@prefeitura.sp.gov.br
Assunto: ** DENUNCIAS DE DENUNCIAS NÃO ATENDIDAS NA PREFEITURA **

 

PREFEITURA MUNICIPAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
SUB-PREFEITURA VILA MARIANA
 
CORONEL MARLY
 
Eu, Márcia Groeninga, RG.9.744.557, residente a Av.Itaboraí 391, apto53, capital - São Paulo, venho através deste solicitar de V.S que verifique
denuncias referentes a reforma e construção no mesmo endereço. Me refiro ao Condomínio Edifício Águas Claras, onde há mais de 90 dias revindico atenção através de inúmeras denuncias conforme protocolos feitos através do SAC, 196, pela própria Ouvidoria da Prefeitura, também pela Policia Ambiental, conforme descritos abaixo.
 
Solicito desta vez, sua atenção direta a este caso, considerando que nenhuma atitude foi tomada, nenhum retorno aos meus apelos, mesmo que viessem me dizer que estou errada nos julgamentos levantados
por corte indevido de árvores, obra sem licitação e superfaturada, sem projeto aprovado pela prefeitura, e com placa de propaganda com nome de empresa contrada(ESTANTEC) para um  serviço específico (impermeabilização) considerando que no local está sendo executado uma obra de porte médio, referente construção de 1 estacionamento e reforma de nova guarita com banheiro. A administração do prédio UNIDOS, alegou que, a construção do banheiro na guarita teria sido uma exigência obrigatória por Lei da Prefeitura e que, se não executassem esta obra ainda neste ano, seriam multados por não estarem em cumprimento com a lei de construção. Minha pergunta referente a esta exigência: Que lei é está? ...Desta forma sob esta argumentação, devastaram tudo!!!E, no local um grande estacionamento toma forma e nada restou para área de lazer e descanso dos moradores... Não deixaram um único canteiro, contrariando proposta inicial aprovada em assembleias, onde ficou decidido recolocação de plantas e novo jardim...Acabaram também com a área de playground, removendo todos os brinquedos em ótimo estado de conservação ...O zelador comentou que, os brinquedos seriam doados para alguém. Segunda pergunta: Quem seria este alguém??? Um orfanato ou colégio da prefeitura? Essa decisão por doação foi determinada pelo sindico sem permissão ou sem devida reunião de assembleia para concordar com o que o Sr.Salvador Vieira, agora na posição de sub-sindico desde agosto/11, parece pensar ser dono absoluto dos bens materiais de todo o condomínio. Pergunta numero três e quatro: Como ficarão nossas crianças??? Filhos(as) dos condôminos, crianças moradoras e amiguinhos(as) neste Edifício irão se divertir onde???... Isso,por iniciativa e decisão do ex-síndico que, ainda me disse em reunião feita no dia 17/08 passado, quando me concederam 4 horas, divididas em 2 horas no dia 15 e outras duas no próprio dia 17/08 , após inúmeras solicitações e, meses inteiros na espera recebí 4 horas para revisão de contas. Sofri nestas 4 horas, humilhações por ter efetivado a solicitação por este direito de revisão sozinha e com tempo hábil e adequado para tal serviço de tamanha responsabilidade, onde num tal livro preto que fica na portaria, precisei de escolta policial para efetivar a devolução do mesmo, onde nele constam inúmeras mentiras ofensivas, envolvendo meu nome e minha conduta moral...

 

Assim, sob vigilância de 5 pessoas, sendo: sindico, sub-sindico, 2 representantes do conselho e também do administrador do condomínio Sr.Claudio (UNIDOS)...Todos me intimidando na vistoria destes livros... Foram 4 horas para leitura de 13 livros de todo Movimento Financeiro de junho de 2010 a julho de 2011 para verificação de todas contas. Quinta e mais difícil das perguntas: Isso é possível???

 

Coronel Marly, a S.ª pode acreditar que eles acreditavam mesmo que eu, neste tempo de 4 horas, sob vigilância e pressão dos inimigos, daria minha aprovação sobre tudo que fizeram nestes meses todos??? Mesmo assim, não fugi da raia e lá fui, me entreguei aos leões, e sob forte pressão de gozações e olhares intimidativos de todos, inclusive com diversos momentos de ironia por parte do administrador Sr.Claudio, que riu da minha cara em quase todos os momentos destas 4 horas, e respondia com deboche todas as minhas perguntas e ainda fez comentários pesados sobre (quem???) pagava as minhas contas, principalmente as multas que a mim foram aplicadas e, que eu nunca as ví , mas que alguém que eu desconheço pagou todas por mim..Pode acreditar nisto??? Outra pergunta: Quem seria este meu anjo da guarda que desconheço e que eles afirmam que eu tenho? Quem paga minhas contas que eles insinuam que não sou eu mesma? Onde está esta pessoa que me protege e que, ao mesmo tempo me coloca em ridículo diante de todos? Será que sou mesmo louca, conforme eles gritam em publico nas discussões que temos por conta dos desvios financeiros feitos nas contas do condomínio e também por medidas administrativas abusivas? Cansei de pedir detalhes e explicações sobre a arrecadação das parcelas extras feitas por mais de 4 anos...Será que, conforme elas da administração alegam, preciso mesmo arrumar alguma coisa mais útil para fazer e esquecer tudo isto que não está me levando a nada? Eu, posso afirmar que, "estou sim!!!" sofrendo demais e gastando muito dinheiro com remédios para tratar minha depressão em decorrência de tanto estresse e pressão sofridas por estes "machistas" covardes e metidos a homens valentes...Sou sim uma mulher valente onde eles estão tentando menosprezar minha força feminina e minha inteligência de mulher em tentar mostrar com dignidade meus direitos...

Momentos lamentáveis que estou vivendo e enfrentando sozinha contra 5 homens..Por enquanto..

 

Coronel Marly, na posição de militar, profissional e mulher que és, podes imaginar o que estou passando? Penso que, poucos são capazes de suportar a tudo e tanto quanto eu estou aguentando sozinha...

 

Busco por SOS a meses, Sr.ª Marly e me sinto cada vez mais distante de ajuda e com mais inimigos a frente para ter que suportar ofensas...Pode me entender?

 

 

A mim, tudo é estupidamente criminoso e cabe processo sobre muitas calunias e difamação... A S.ª. está de acordo? Ultima pergunta para finalizar todo este triste relato: Coronel, como funcionária na soberania dentro da prefeitura e principalmente por ser mulher, o que pode fazer para me ajudar?

 

Sabe, importante ainda dizer que, também sofri assédio moral por parte do novo sindico, Sr. Maurício que por diversos momentos, piscava para mim ironicamente enquanto eu efetivava a verificação e revisão destas contas nos livros no dia 17 de agosto de 2011, no período de 20hs ás 22 hs...

 

Mesmo assim, ainda consegui constatar inúmeras irregularidades, sendo a mais notável delas "notas fiscais" por conta da manutenção de uma área de jardim publico no custo  de R$ 250 reais mensais, referente a limpeza de jardim que é de responsabilidade exclusiva da prefeitura...Esta pracinha faz esquina com Av.Itaboraí 391 e Rua Helena( rua sem saída) de responsabilidade da prefeitura para limpeza e manutenção do canteiro-jardim...O sindico me afirmou ter um acordo assinado com a subprefeitura da Vila Mariana para  preservação desta área desde a existência do prédio. O Sr. Salvador afirmou ter a autorização da prefeitura para a cobrança destes serviços de jardinagem  aos moradores do nosso condomínio mas, não soube me explicar sobre este contrato, desde quando esta em vigência e se o mesmo foi renovado e se ainda no melhor das hipóteses se este mesmo existe. Pode??? Contudo, assim mesmo, continua com esta cobrança absurda de R$250 reais mensais para a manutenção de área de responsabilidade da prefeitura...O jardineiro que diz receber por este pagamento é amigo e contratado pelo zelador do prédio (Sr. Francisco Chagas)...

 

Penso ainda estar em tempo de lhe relatar que houve corte de  1 coqueiro com mais de 17 anos e outras arvores. É possível se verificar pelo google earth minhas afirmações. Também tenho fotos comprovatórias do corte com a presença de funcionário da COMGAS, em chamada de emergência no dia 31 de maio de 2011,  por estouro de cano de rede principal de gás, onde em decorrência deste sinistro conforme laudo técnico do Corpo de Bombeiros, todo o condomínio ficou sem gás por 3 dias...Toda esta bagunça já nos custou 200 mil reais e ainda nos falta pagar(52 apartamentos) mais 18 parcelas extras mensais de R$175 reais até dezembro de 2012...
 
Importante salientar que, em questão a estas denuncias onde eu considero que toda esta devastação poderia ser evitada se aqui tivesse tido a presença do fiscal ULISSES, onde no minimo penso que seria devido a aplicação de multa por desrespeito a Lei da Cidade Limpa e assim, solicitar a retirada de propaganda indevida. Estou certa? Esta placa de propaganda foi fixada na entrada principal no dia 15 de maio de 2011, e consta permissão em contrato firmado com sindico e proprietário da empresa Sr.Claudio(Estantec). Placa esta que na minha opinião , deveria ter sido retirada em respeito a Lei da Cidade Limpa e também em cumprindo com o que o fiscal da subprefeitura da Vila Mariana de nome Ulisses me prometeu fazer a mencionada retirada e com aplicação de multa. Promessa feita verbalmente em visita que fiz pessoalmente a ele na véspera do feriado de Corpus Christi no dia 22 de junho, onde eu compareci pessoalmente às 15 horas para conversa particular. Fui recebida em sua sala, onde apresentei o contrato assinado pelo síndico, sub-sindico  e empresa ESTANTEC... ...
 
S.ª Marly, preciso ainda lhe dizer que estou sofrendo agressões físicas por parte do sindico, esposa e subsíndico do condomínio. Também recebí ameaça de morte anônima, através de bilhete feito com letras de recorte de jornal, com o texto "VOCÊ VAI MORRER"  cujo recado foi colocado sob a minha porta em 08 de junho de 2011.
Estou nesta luta praticamente sozinha, e esperava que a prefeitura me apoiasse me atendendo nestas irregularidades, contrariando algumas leis deste município...Considerando que sou mulher e que estou sofrendo agressões físicas e verbais. Confesso que, já estou cansada e quase em situação de desespero diante de tudo...Cheguei a pensar em desistir desta guerra e por acreditar que ninguém está me ouvindo. Apenas estou adoecendo dia a dia e cada vez mais piorando meu tratamento onde eu pago caro para poder melhorar.....Porém, Deus sempre me dá um folego superior e me faz ter a esperança que vai surgir um anjo e me resgatar para a vitória nos instantes finais...Talvez a Sr.ª seja este "AR" que preciso tanto para poder ter condições de continuar... SOS, ME AJUDE!!! 

 

Infelizmente na posição de mulher, ainda estou sendo ridicularizada e sendo tratada e xingada de louca, vagabunda e mulher a toa sem ter o que fazer na vida. Mandaram até eu arrumar um "MACHO" com gestos ofensivos denominando a grandeza do orgão sexual masculino necessário para me sossegar e assim, deixar os homens daqui do prédio trabalharem em paz( gestos expressados pela esposa do síndico - S.ª Luciana Brasil - esposa do Sr. Salvador Vieira- que ainda diz que vai me processar - por ser representante da OAB) .Também fui intimidada por um dos funcionários chefes da empresa "ESTANTEC", que me prendeu no rol das escadas, tentando pegar meu celular para apagar as fotos que venho registrando desde o dia 27 de maio de 2011...
 
Tenho em consequência destes fatos 2 BOs registrados e duas chamadas de polícia para me assegurar o minimo de segurança dentro da minha própria moradia.
 
Desta forma, Sr.ª Marly, deixo aqui um breve resumo das barbaridades que venho passando e espero que Deus me ajude a ter a sua devida atenção...


Na 2.ª feira, dia 22 de agosto conforme conversado e acertado com sua secretária Ana Paula, comparecerei ao seu gabinete para passar com detalhes toda esta berração e, estarei devidamente documentada para provar tudo que aqui estou dizendo. Solicito desta forma que, a Sr.ª me reserve 2 horas da sua atenção, pois tenho um montão de documentos, fotos e cópias de e-mais encaminhados a jornais como pedido de SOS a tudo que venho vivenciando...Um breve histórico do Condomínio Edifício Águas Claras que vem camuflando livremente inúmeras irregularidades e turvando a credibilidade aos serviços de fiscalização da prefeitura e demais orgãos de competência.
 
De momento, agradeço por sua preciosa atenção e torço muito para que, com a sua ajuda eu consiga de fato ter as respostas aos quais acredito estar no meu direito de exigir explicações sobre todos os protocolos em denuncia abaixo mencionados.

 

PROTOCOLOS ENVOLVIDOS A TUDO ACIMA TRISTEMENTE RELATADO

 

10046638 -  de 26/05/2011 - (sobre a placa) registrado por Bruno com vencimento/resposta em 05/07/2011
10047660 -  de 26/05/2011 -  feito pela internet ás 20 h. (referente a construção do banheiro na guarita)

10051138 -  de 28/05/2011 -  feito pela internet

10062369 -  de 03/06/2011 -  ás 13:15 h - com Tamíres sobre a devastação e sobre a obra irregular.

10101155 -  de 24/06/2011 -  com tempo para resposta até 03/08/2011

10130018 -  de 11/07/2011 -  às 21:19 h. com Rodrigo - referente protocolo com mais de 40 dias sem atendimento do dia 28/05/2011 -

10147358 -  de 21/07/2011 -   com Ivonete) conversa das 08:15 às 08:40 h. com vencimento para resposta até 30/08/2011. Onde estão as respostas referentes a todos outros protocolos com vencimentos extrapolados e  já com limites de paciências vencidas a tantos questionamentos?       

 

7083/2011 -de 06/07/2011 -  Ouvidoria da Prefeitura(Heloísa)  em questão aos protocolos com vencimento para atendimento em data do dia 05 de julho..Nada aconteceu também!!! Ficou marcado com a funcionaria citada horário para visita no local no período de 11 à 15/07/2011 às 16 horas, onde estive no local e ninguém apareceu..Me fizeram de "TONTA" mais uma vez.. 

 

7245/2011 - de 12/07/2011 - às 11 h. (funcionária DIVA) com reclamação referente a placa(ESTANTEC) declarando minha visita a subprefeitura da Vila Mariana no dia 22 de junho/2011 ás 15 h e relato da minha conversa com o fiscal ULISSES - a funcionária me orientou a efetivar denuncia para fiscalização como "POLUIÇÃO VISUAL"     

 

Protocolo registrado com (COMGÁS no dia 13/06/2011 Gabriela), em questão ao acidente por estouro de tubulação de rede de gás, com atendimento de emergência com funcionário de nome Jairo, ás 13:30 h, no dia 31 de junho...

COMGAS n.°8004577388, 8004572301, 8004576953 

 

Policia Ambiental -em 15/06/2011 - com soldado Palamim - protocolo 861/9999/11  onde obtive resposta com afirmação que nada foi constado como prova de corte de árvores, considerando que quando vieram em deligência de fato elas não mais existiam e o porteiro afirmou que nenhuma árvore havia sido cortada...Tenho fotos comprovando o contrário. Solicito acesso ao GOOGLE EARTH.

Encaminhei e-mail ao departamento de rastreamento do Meio Ambiente com minhas fotos do antes e depois e, também não obtive nenhuma resposta em questão.

  

 

 

Observações finais:

 

Em 11/07/2011 com Rodrigo através do 156, às 21:19 h, conversa por quase 1 hora sobre reclamação por não atendimento ao protocolo 10051138 - Solicito pedir para ouvir a conversa.

 

Em 06 de junho de 2011, ás 11:40 h...respondí um questionário (com Adele)- depois com (Carolina) às 11:50 h até 12:12 h -Solicito pedir para ouvir conversa, não tenho registro com protocolo - Assunto: Minha opinião e relato sobre tudo vivenciado até o momento, onde como resposta ao questionário eu disse em relação ao atendimento do serviço da ouvidoria dar nota 10 a "quase todos" os funcionários atendentes na telefonia. Porém, ao PRÓPRIO SISTEMA DA PREFEITURA disse não ter nota a dar, melhor...disse merecer nota abaixo de zero. Também disse ter sentido vergonha de ouvir uma funcionária que me atendeu muito mal em dias anteriores, do qual não tive a oportunidade de perguntar o nome, pois a mesma desligou o telefone e me disse para reclamar dela e da própria ouvidoria no 156 da Prefeitura... Recebí uma carta resposta da Ouvidoria da prefeitura tentando justificar esta atitude da funcionária em questão...

 

 


 
Muito Obrigada!!!

 

 

 

Márcia Groeninga


 
 
 
        




domingo, 19 de outubro de 2014

*Atleta50tenária na Maratona Internacional de SP - 20 anos *

Colegas corredores,

Parabéns a todos os participantes e em especial para os bravos atletas que concluíram este difícil percurso de 42 k - sob temperatura elevadíssima desta manhã de domingo, 19 de outubro, em São Paulo. Debaixo de forte calor e tempo seco, onde tudo que já não é nada fácil, fica muito pior. Encerrar a prova "bem" com alegria e bem estar é a verdadeira medalha do sucesso para a saúde. 

Minha humilde participação foi apenas para a categoria corrida 10 k, contudo observo que , a vitória pessoal maior é poder trabalhar em benefício ao incentivo esportivo master, promovendo o estilo saudável de viver a vida - festejando a longevidade feliz.

Tudo mais é resto e deixo trás - correndo no dia a dia...

A próxima: São Silvestre! Meu jeitinho alegre e saudável de encerrar o ano de 2014 e esperar por novos desafios de vida durante todos os dias do Ano Todo de um Ano Novo que chega no dia seguinte. Boas vindas 2015! 



* CUIDE DA SAÚDE COM AMOR *
*Atleta Cinquentenária *Márcia*



    

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

* Participe XVI SIMAI *



Quer concorrer a VIPS?

* QUEM AMA CUIDA E VACINA *

Colega,

Veja que, sempre tento fazer o melhor para ajudar a promover a saúde de todos, sejam estes seres racionais ou não - considerando que tudo traduz reflexos para o "Bem Estar"  próprio de cada um de nós..

No entanto, dia 15 de outubro às 10 hs, numa reunião extraordinária, convocada pela D.ª Magda Takano Kuchida num gesto covarde, ilegal e injusto tentaram cassar meu cargo - alegando que eu fui violenta na reunião ordinária da Supervisão Técnica de Saúde da Vila Mariana - ultimo dia 24 de setembro- agredindo o subprefeito da Vila Mariana , onde sabes como eu - ser o presidente do CADES VM -  Sr. João Carlos da Silva Martins. 

Afirmam por escrito em carta de notificação - lida e assinada pelo representante do Conselho de Saúde Sr. Francisco Paulo de Jesus, conselheiro eleito, advogado  e colega de trabalho nesta Supervisão Técnica de Saúde.

Fatos que, tomei conhecimento apenas na hora do massacre vergonhoso na data referente (15 de outubro - auditório da subprefeitura Vila Mariana) - às 10 horas - sem prévio conhecimento  e notificação de julgamento sórdido - com presença de 12 colegas conselheiros , onde presenciaram a leitura feita em voz alta ao citado documento.

Importante relatar aqui que, este referente documento já está em mãos do delegado titular da 16.ª delegacia - capital SP - situada na Rua Onze de Junho - e devidamente registrado BO _ Boletim de Ocorrência - 

Vale lembrar que, o referente documento foi colocado em votação e não foi aceito pela maioria dos presentes, porém, 3 colegas conselheiros , sendo a Edna - representante dos trabalhadores - apoiando esta vergonhosa mentira, dizendo que eu agredí o subprefeito da Vila Mariana. O 2.o responsável por esta calunia e injuria foi o próprio Francisco, líder desta campanha contra minha pessoa e a 3.ª apoiadora Sr.ª Maria Lucia Marques que alegou nesta mesma reunião - onde dizem que eu agredí o subprefeito da Vila Mariana  - que o meu problema é fazer uso abusivo de medicação(sic) e por isto preciso urgentemente de um Psiquiatra, não tendo assim condições de ser uma figura representante regional da saúde e por isto exige expressamente minha saída deste conselho, conduzindo a moção de cassação. Quero observar que, esta acusação feita pela Sr.ª M.ª Lucia já figura uma ofensa contra minha integridade física, moral e social.

Desta forma, lhe pergunto - você acredita que estas coisas possam acontecer escandalosamente e livremente dentro de um conselho de saúde, usando o espaço publico da Subprefeitura Vila Mariana - sério? Acredite se quiser!

Conforme já dito, tudo já esta registrado em delegacia, onde será aberto Inquérito policial para verificação e apuração dos fatos verdadeiros - e consequentemente denuncia crime e respectivos processos juntos ao TJSP e SMS - me refiro ao Tribunal de Justiça de São Paulo e Secretaria Municipal de Saúde, respectivamente.

Reforço dizendo que, este fato ocorreu no auditório da subprefeitura da Vila Mariana, onde fazemos nossas reuniões do CADES, onde também figuro como conselheira ambiental - 

Para encerrar, preciso salientar com relevante e expressante observação que, a Supervisora de Saúde da Sudeste - D.ª Magda Takano  e respeitável colega assessora técnica de Saúde Terezinha Satiko Minami apoiaram a esta vergonhosa situação contra minha humilde pessoa, brava e leal figura de conselheira eleita, sem considerar verdadeiramente a nenhuma das minhas dignas lutas em defesa do SUS para benefício da saúde de todos. 

Sem mais palavras!

Encerro, agradecendo seu pessoal e particular incentivo e todo apoio ao meu trabalho  - Lembrando que,  apenas cumpro com meu papel de cidadã.

Márcia Groeninga 




Date: Thu, 16 Oct 2014 14:01:41 -0700
From: juliana_ambiental@yahoo.com.br
Subject: Re: * QUEM AMA CUIDA E VACINA *
To: marciapersonaltrainer@hotmail.com

Que legal! Parabéns pela iniciativa, estou trabalhando na campanha! Bjs
 
Juliana Lima de Oliveira


Em Segunda-feira, 13 de Outubro de 2014 5:47, Márcia Groenninga <marciapersonaltrainer@hotmail.com> escreveu:


Amigos(as) 

Quero chamar a atenção de todos para a Campanha de Vacinação contra a Raiva Cães e Gatos Municipal - capital, SP.

Embora a raiva esteja controlada nessas espécies, isso não nos isenta da vacinação anual que, além de obrigatória por lei, é o fator de maior relevância para garantir a manutenção de controle da raiva nas populações de cães e gatos e por consequência para a população humana.
A Campanha de Vacinação contra a Raiva para Cães e Gatos no Município de São Paulo terá início no dia 11 de outubro. Na ação, que vai até o dia 24 de outubro, serão disponibilizadas um milhão de doses da vacina.

A aplicação da vacina é gratuita e obrigatória para cães e gatos, conforme lei municipal nº 13.131/01. As seringas e agulhas são descartáveis. A relação completa dos postos, com local e data da vacinação, pode ser obtida pelo telefone 156. Os postos funcionarão das 9h às 17h.

Vale lembrar: 

Quem ama cuida com responsabilidade e carinho - Leve seu animalzinho de estimação para vacinação.  

Divulgue! Faça sua parte e exerça seu papel de cidadania. 



*CUIDE DA SAÚDE COM AMOR*
* Atleta Cinquentenária *Márcia*